Varizes nas pernas: cirurgia, causas e tratamento com laser

Varizes nas pernas são um problema que deixam as mulheres de cabelo em pé. Afinal, esses vasos dilatados estão longe de deixarem os corpos femininos mais bonitos, muito pelo contrário.

Elas ocorrem quando os vasos sanguíneos responsáveis pela subida do sangue de volta ao coração entopem, ocasionando a dilatação dos mesmos. E não são apenas os problemas estéticos que elas ocasionam. Se não tratadas, as varizes podem virar hipertensão venosa crônica, trombose e, caso infeccionem, resultar em úlceras varicosas.
Mas você sabe como ocorrem as varizes?

Causas das varizes

Gravidez: Na gestação, há maior concentração dos hormônios estrógeno e progesterona, que possuem efeito vasodilatador e ocorre o aumento do útero, que, mais pesado, comprime os vasos pélvicos, dificultando a circulação.

Anticoncepcional: o estrógeno, um dos hormônios contidos na pílula, aumenta o risco da formação de coágulos no sangue, que obstruem as veias. O mesmo pode acontecer também na menopausa, com a reposição hormonal. Mas você não precisará abandonar o anticoncepcional, podendo optar pelas versões à base de progesterona sintética, que podem ser recomendadas pelo seu ginecologista.

Cigarro: as substâncias tóxicas contidas no cigarro são vasodilatadoras.

Salto alto: Pesquisas já apontaram a influência do salto alto no aparecimento de varizes, por imobilizar o tornozelo, impedindo a contração da musculatura da batata da perna e o bombeamento do sangue.

Muito tempo parada (sentada ou em pé): inchaço e dor nos tornozelos ficam inchados devido a muito tempo sentada ou em pé levam às varizes, pois os músculos são pouco estimulados.

Carregar muito peso com frequência: Exercícios que contraiam demais a musculatura, como musculação, bloqueiam o bombeamento do sangue até o coração. Portanto, maneire no levantamento de pesos.

Obesidade e sedentarismo: sobrecarregam os membros inferiores e aumenta a compressão abdominal, o que gera má circulação.

Agora que você viu várias causas das varizes, é hora de conhecer algumas formas de tratamento para os vasos dilatados.

Tratamento das varizes com cirurgia

Microcirurgia: São realizadas pequenas incisões feitas com um instrumento semelhante a uma agulha de crochê e que retiram a veia afetada. O procedimento é realizado com anestesia local. Funciona em casos de microvarizes e, como a veia é retirada, não se corre o risco de o problema voltar.

Cirurgia normal: É indicada para varizes e microvarizes, quando a safena é afetada. O procedimento parece a microcirurgia, mas é feita em hospital, com anestesia peridural.

Tratamento das varizes com laser

No tratamento de varizes com laser, um aparelho emite raios laser que atravessam a pele e aumentam a temperatura do sangue, eliminando o vaso pelo calor. O laser somente é indicado para o tratamento de pequenos vasos (telangiectasias), sendo, uma técnica bastante utilizada nos casos de vasos superficiais.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *